CAMPUS INTEGRADO E SUSTENTÁVEL DE EDUCAÇÃO INTEGRAL EM SERRA GRANDE, LITORAL DE URUÇUCA NA REGIÃO SUL DA BAHIA

Serão 2 escolas implantadas dentro de um parque, que irão atender 2298 estudantes sendo: 408 na educação infantil, 1260 do ensino fundamental, 420 do ensino médio inovador e 210 estudantes do EJA noturno.

Durante 2012 foram desenvolvidas oficinas e encontros para aprofundar a discussão sobre os espaços, tempos e currículo das escolas de EDUCAÇÃO INFANTIL, ENSINO FUNDAMENTAL e ENSINO MÉDIO de

Serra Grande, integrando o debate em torno da gestão, do currículo e do território1.

No início de 2013, foram definidos os terrenos onde elas serão construídas, dentro da área de um parque definido pelo decreto do PRUA de Serra Grande.

Durante 2013 correu o processo de transferência da posse dos terrenos para a prefeitura de Uruçuca e para o Governo Estadual.

O projeto do Campus de Educação Integral e Integrada de Uruçuca foi desenvolvido numa parceria entre a prefeitura de Uruçuca, o Governo Estadual, através da Secretaria de Educação e do Instituto Arapyaú, responsável pela contratação do projeto.

O processo todo vem sendo desenvolvido sob a coordenação geral da arquiteta Beatriz Goulart do escritório Cenários Pedagógicos em parceria com a Ar:Co – Arquitetura Cooperativa.

A ARQUITETURA À ALTURA DO PROJETO PEDAGÓGICO

As escolas de Uruçuca serão exemplos de superação do modelo de escola pública construído historicamente de uma escola fechada, com espaços controlados e controladores, alheia à vida da comunidade espaços inovadores.

Construídas com materiais e tecnologia local, estas escolas ampliam a concepção de espaço educativo focado no modelo “sala-de-aula/ lousa-cuspe-giz”, este projeto propõe espaços e tempos generosos, sustentáveis inclusivos, lúdicos, INTEGRAIS.

Espaços escolares que se tornam TERRITÓRIOS EDUCATIVOS. Atelier de arte, estúdio de música, espaço para a rádio escolar, sala de multimídia, laboratório de meio ambiente e ciências, cozinha experimental e comunitária, videoteca, biblioteca, salas para artes do corpo (teatro, dança…), salas de multiuso, salas de aula ao ar livre, brinquedos para todas as idades, inclusive para os adultos (professores, funcionários, alunos do EJA).

Espaços à altura das inovações pedagógicas proposta pela pedagogia contemporânea e que tratam com generosidade e respeito todos os segmentos da comunidade escolar.

Estudantes terão grêmio, espaços de lazer e cultura; professores terão sala de trabalho e de descanso; funcionários terão espaços adequados para trabalho, descanso, alimentação e higiene; o conselho escolar terá sua sala de reuniões e a comunidade local encontrará na escola um equipamento educacional e cultural à sua disposição (cine-teatro, biblioteca, lan-house, espaços para exposições e festas, e todo o parque à beira do rio Pancadinha.

Potencializando técnicas, saberes e o contexto ambiental local, o resultado será um conjunto composto pela ESCOLA DE EDUCAÇÃO INFANTIL E FUNDAMENTAL e a ESCOLA DE ENSINO MÉDIO / COLÉGIO UNIVERSITÁRIO

 

Dados da Obra:

Cliente: Instituto Arapyaú / PMU – Prefeitura do Município de Uruçuca – BA / Governo do Estado da Bahia / FNDE – Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação.

Elaboração do projeto de arquitetura, urbanismo e paisagismo para o Campus Integrado de Educação de Serra Grande | Uruçuca – BA.

Projeto: 2013-2014

Conclusão da Obra: Em andamento.

Área de intervenção: 72.045,11m².

Área Construída: 47.974,03m².

Ficha Técnica

Autores: Beatriz Goulart, Sergio Faraulo e Frederico Zanelato.

Coordenação Geral: Beatriz Goulart.

Coordenação de Projetos: Sergio Faraulo.

Coordenação de Compatibilização: Camila Fernandes Malito.

Colaboração : Ana Tamie Deno, Camila Monteiro, Milena Mendes e Cássio Riman. Estagiária: Amanda Alde.

Engenharia: Energia Técnica.

 

Projeto Premiado:

– Prêmio ASBEA (Associação Brasileira de Escritórios de Arquitetura) 2018. Menção – Categoria Edifícios Institucionais, Modalidade Novos Talentos – Projetos não Edificados.