PROJETO DE ARQUITETURA, INTERIORES E IDENTIDADE VISUAL

​Projeto de arquitetura, interiores e identidade visual para um edifício de escritórios colaborativos (coworking), localizado em um edifício que abrigava uma antiga igreja evangélica no centro de Mogi das Cruzes – SP.

Praticidade e Flexibilidade

Ao pensarmos no projeto do conjunto de escritório colaborativos mergulhamos nas possibilidade de proposição e utilização do espaços fugindo da antiga baia de trabalho muito utilizada nas décadas de 1960 a 1980 e ainda decorrente de muitas empresas principalmente no Brasil, pesquisamos muito sobre a informalidade das empresas de tecnologia da década de 1990 formadas no vale do Silício na Califórnia que simulavam ambientes universitários e que influenciaram empresas do mundo todo. Investimos no design como estimulo de criatividade para as pessoas que irão utilizar, empreender, conviver e criar neste espaço.

E praticidade, flexibilidade… O lay-out possui variadas possibilidades de estações de trabalho, que podem atender a atividade individual e concentrada, a permanência temporária do funcionário itinerante e o uso compartilhado, reuniões de variados tipos, para poucas ou muito mais pessoas, informais ou formais, com clientes ou consultores, entre profissionais de cargos distintos, a tomada rápida de decisões ou o estímulo a novas ideias, atividades privativas e de curta duração, momentos de relaxamento e descontração, com a interface com dispositivos portáteis. Aliando tudo isso a nova tendência dos escritórios colaborativos, chamados de coworking.

Por questões de logística e custo a implantação do empreendimento foi dividida em 2 etapas.

Dados da Obra: 

Projeto: 2016;

Obra: Em andamento;

Área Construída: 600,00m².

Equipe:

Autores: Frederico Zanelato, Sergio Faraulo, Tamie Deno e Camila Monteiro;

Coordenação de Projetos: Sergio Faraulo;

Colaboração: Guilherme Carvalho;

Estagiários: Barbara Macedo e Gabriel Rogatis.